Franciane Costa Philippi

ballet

Professora
Telefones:
(47) 3329.0319 - 9992-7379



OBJETIVOS DAS AULAS DE BALLET:


O ballet clássico é uma atividade física e artística que além de servir como base para as mais diversas danças, propicia a conscientização corporal, melhora na coordenação motora, ritmo, flexibilidade e boa postura.
O curso é voltado para crianças a partir dos três anos de idade e desperta o gosto pela dança e pela própria expressão a partir do próprio corpo.
As aulas acontecem a partir de atividades lúdicas, onde a criança tem seu primeiro contato com a técnica clássica e noções de uma postura correta. O curso auxilia no desenvolvimento das capacidades e habilidades da criança como um todo, levando em conta seu mundo imaginário e suas fantasias.

COMO AS AULAS ACONTECEM:


As aulas acontecem uma vez na semana e podem participar alunas a partir do Jardim I . As turmas são compostas por até 15 alunas que terão sempre o acompanhamento da professora Franciane e da monitora Paola.

UNIFORME DE BALLET:


O uniforme do ballet é composto por: collant, saia, meia-calça (que no verão não é necessário) e sapatilha.
Todos estes itens, de preferência, em tons de rosa.


APRESENTAÇÕES:


Ao longo do ano serão feitas apresentações nos eventos da escola ou eventos semestrais próprios do ballet. Sempre com aviso prévio aos pais e/ou responsáveis e autorização dos mesmos.

A História da dança


Dançar é definido como uma manifestação instintiva do ser humano. Antes de polir a pedra e construir abrigos, os homens já se movimentavam ritmicamente para se aquecer e comunicar.

Considerado a mais antiga das artes, a dança é também a única que dispensa materiais e ferramentas. Ela só depende do corpo e da vitalidade humana para cumprir sua função enquanto instrumento de afirmação dos sentimentos e experiências subjetivas do homem.

Segundo certas correntes da antropologia, as primeiras danças humanas eram individuais e se relacionavam à conquista amorosa. As danças coletivas também aparecem na origem da civilização e sua função associava-se à adoração das forças superiores ou dos espíritos para obter êxito em expedições guerreiras ou de caça ou ainda para solicitar bom tempo e chuva.

O desenvolvimento da sensibilidade artística determinou a configuração da dança como manifestação estética. No antigo Egito, 20 séculos antes da era cristã, já se realizavam as chamadas danças astroteológicas em homenagem ao deus Osíris. O caráter religioso foi comum às danças clássicas dos povos asiáticos.

Na Grécia clássica, a dança era freqüentemente vinculada aos jogos, em especial aos olímpicos.
Com o Renascimento, a dança teatral, virtualmente extinta em séculos anteriores, reapareceu com força nos cenários cortesãos e palacianos. Uma das danças cortesãs de execução mais complexa foi o minueto, depois foi a valsa, considerada dança cortesã por excelência, e com ela se iniciou a passagem da dança em grupo ao baile de pares.

A configuração de um gênero de dança circunscrito ao âmbito teatral determinou o estabelecimento de uma disciplina artística que, em primeira instância, ocasionou o desenvolvimento do ballét e, mais tarde, criou um universo dentro do qual se deu desenvolveram gêneros como os executados no music – hall, como o sapateado e o swing. A divulgação da dança se deu também fora do mundo do espetáculo, principalmente nas tradições populares.

Dança, em sentido geral, é a arte de mover o corpo segundo uma certa relação entre tempo e espaço, estabelecida graças a um ritmo e a uma composição coreográfica.Alguns sites sobre dança/ballet



Em cada passo,
percorremos diversos caminhos,
em cada giro
viajamos o mundo,
em cada olhar
transmitimos desejos,
em cada toque
multiplicamos sensações,
em cada queda
transcendemos a emoção,
em cada dança
sonhamos; com os pés no chão.

Por Rinaldo Donizete de Freitas